segunda-feira, 22 de junho de 2009

"I have a dream"


Um dos mais memoráveis discursos da história foi feito por Martin Luther King, “I have a dream”. Falava de paz e de que a convivência entre negros e brancos deveria ser fraterna. O discurso foi realizado no início da década de 60 do século passado para uma multidão de 200 mil pessoas. A partir de então todos nós tivemos um sonho quando queríamos falar de liberdade, paz e uma vida digna.
Há um século o Internacional nasceu para combater o racismo. Jovens queriam jogar futebol e fundaram um time onde qualquer pessoa poderia jogar independente de sua cor. Os jovens Poppe tinham um sonho.
Nos últimos anos os colorados não têm motivos para reclamar, a maior torcida do Sul do Brasil extravasou sua alegria em inúmeras conquistas: Libertadores, Mundial, Gauchão e Recopa. Mas nós queremos ser felizes para sempre. Incessantemente buscamos a felicidade em todos os jogos, em todas as decisões. Esse é o nosso sonho.
Em 2005 nos roubaram, vergonhosamente, uma estrela. E espero que no dia primeiro de julho deixem nossas estrelas brilharem em campo para reconquistá-la. Essa estrela está distante, foi em 1992 que a vimos pela última vez. E nós temos um encontro marcado com essa estrela. Nós não faltaremos a esse encontro. Nós ensaiaremos passos de chamamé, cevaremos um chimarrão, passearemos pelos diversos caminhos da Redenção e veremos um pôr do sol que a deixará ainda mais brilhosa.
Vamo! Vamo! Inter!!! Todos os colorados sonham com esse título. Sonhemos todos juntos que o sonho vira realidade. Ontem eu sonhei que várias crianças brincavam, em rodas de ciranda, vestidas com camisetas vermelhas, pelas ruas e calçadas desse Brasil. Comemoravam o título de campeão do Sport Club Internacional.
Meu coração é vermelho, mas brilha como as estrelas no céu. E como diz a letra da música: tudo é garantido após a rosa vermelhar, tudo é garantido após o sol vermelhecer.
Ou melhor: tudo é garantido após a estrela vermelhar.
Eu não sei quais serão as próximas conquistas do Internacional. Eu não sei quais serão as nossas estrelas no peito. Mas uma coisa eu posso afirmar: eu tenho um sonho.

Um comentário:

maiquel disse...

Eu não acredito. EU TENHO CERTEZA! Vamo Vamo INTER!!!