segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Tema musical do Centenário do Internacional

O Internacional revolucionou os festivais quando fez as inscrições via internet. Um processo que usa a tecnologia em benefício da agilidade e do menor custo.
Muitos artistas, poetas e compositores se esmeraram para produzir uma bela canção.
No entanto, o processo de escolha deixou a desejar. Não avançou no que diz respeito a triagem das músicas. O processo eleitoral não está levando em conta a qualidade dos trabalhos. O voto via internet é viciado e facilmente fraudável. Vota-se como se fosse uma campanha eleitoral. Têm músicas que estão fazendo mais votos que muitos deputados estaduais. O critério é de quem tem mais listas na internet e mais amigos no Orkut. Ou uma maior tribo. Se em dois dias de votação tiveram músicas com mais de mil votos. Isso causa estranheza. Será que os votantes ouviram todos os temas para decidir o voto?
A votação virtual é um democratismo que não vem ao encontro da arte. Análise poética das letras. Composição melódica e interpretação não estão sendo levados em consideração. Deveriam ter escolhido um corpo de jurados que ouvissem as músicas e fizessem uma seleção sensata. E, aí sim, uma votação na internet para a escolha da mais popular.
Um evento que poderia ser um marco na história do Internacional está fadado a um encontro de “clicadores” da internet.
Em nome de uma suposta acusação pelas tendências dos movimentos musicais, pois há uma variedade de ritmos que vão da vanera ao rock, varre-se a ética para debaixo do tapete.
Acho lamentável que a diretoria do Inter esteja chancelando essa truanice que se tornou a votação do tema do centenário. Lamentável porque a análise criteriosa por pessoas que realmente entendem de arte musical foi, simplesmente, jogada na vala comum dos cliques dos computadores e na ininterrupta troca de ip’s.
Só há uma solução para salvar o evento: o Internacional tem que cancelar, imediatamente, esse processo e indicar uma comissão plural de pessoas idôneas e do meio musical que indicarão 20 canções para serem tocadas na final do dia 17 de dezembro.
Se não houver tempo, que se adie esse festival, afinal o Centenário é em abril de 2009.

3 comentários:

Breno disse...

Athos!
Concordo inteiramente!
To achando uma vergonha esse meio de seleção dos 10 mais votados...
Acabou virando uma guerra de IP's...
deveriam fazer algo com CPF.

fabriciogambogi disse...

Amigos
Tenho evidências da fraude, já comuniquei e protocolei denúncia junto ao clube; falei pessoalmente com os responsáveis pelo concurso, mas...
Segundo eles, precisam esperar um relatório da empresa que gerencia o site.
Estão sendo cautelosos, ok, mas até onde me cabe, evidência concreta de fraude já é o suficiente para cancelar o concurso.
Alguns candidatos estão recebendo 1 voto por minuto desde sábado!
Não se trata de guerra de IP, mas de má-fé, e o clube está premiando os candidatos mais pilantras mantendo este sistema de votação de pé.
Acredito que CPF's não resolveriam a situação, mas de um modo ou outro, assim que o clube decide realizar um concurso, deve arcar com suas responsabilidades, e, neste caso, isto significa admitir fraude, admitir a impossibilidade de reunir provas definitivas que acusem os fraudadores mas ainda assim que há evidências irrefutáveis de que o sistema é falho e não há legitimidade na escolha dos vencedores.

Maurício disse...

Cara, concordo plenamente com tudo que tu disse! Estou participando do concurso também e me esforçei um monte para mostrar a minha música para muitas pessoas, fiz uma baita divulgação! Fiquei muito chateado quando vi que não tinha mais chance.Fiquei com raiva desses caras que não tem culhão pra confiar no seu trabalho e se valem da troca de ips, criação de softwares, para passar por cima dos valores artísticos que as outras canções apresentam. Bom saber que eu não estou sozinho nessa luta, já escrevi email pra ouvidoria, fiz ligações, tudo visando uma medida justa. Caso o concurso seja cancelado, sugiro que nós, que acreditamos no nosso som e não temos má fé, façamos um Cd independente para todos os colorados! abraço!